O teste do algodão

O teste do algodão

O algodão entra-nos em casa de várias formas e feitios, sobretudo no vestuário, mas também sob a forma de toalhas, lençóis, produtos de limpeza e cosmética.
Apesar de se tratar de uma fibra natural, obtida de uma planta cultivada em todo o globo há vários milénios, um aumento exponencial da sua procura, especialmente após a revolução industrial, transformou o método de produção do algodão com graves consequências para o ambiente.

Ocupando uma área de cultivo correspondente a 2,5% do solo arável do globo terrestre, calcula-se que cerca de 24% dos insecticidas e 11% dos pesticidas (incluindo herbicidas e insecticidas)  utilizados actualmente no mundo inteiro tenham como destino as produções de algodão.

Estes químicos acabam inevitavelmente na cadeia alimentar e, por isso, nas nossas mesas, seja através da água (pela penetração nos lençóis de água subterrâneos) seja através dos alimentos. Algum gado bovino é alimentado com rações que contêm restos da planta e sementes de algodão.

O algodão orgânico, por sua vez, é produzido com a garantia de que produtos químicos como herbicidas, inseticidas ou fertilizantes não foram utilizados durante o seu cultivo.
Além do mais, este tipo de cultivo e produção natural não é suportado por grandes empresas que muitas vezes recorrem a mão-de-obra barata. Ao optar por algodão orgânico estamos a apoiar os agricultores locais e empresários mais pequenos e a estimular a transição para um método mais natural e amigo do ambiente!

Algodão orgânico, feels good on your skin, and great on your conscience!

 

Bruno

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *