Como ser mais sustentável

Como ser mais sustentável

Voltamos com mais dicas para vos inspirar a serem mais ecologicamente sustentáveis.

Ser completamente zero waste é quase impossível e dificilmente se enquadra em todos os estilos de vida.

Na minha opinião, o importante é ter consciência dos nossos actos e de como é que eles podem vir a influenciar o meio ambiente. É fazer escolhas sustentáveis, dentro dos possíveis de cada um.

Juntos fazemos a diferença.

1. Apoiar o comércio local

Se temos a oportunidade de apoiar pequenos comércios locais, sejam vegetais ou frutas, ou outro produto qualquer, porque não o fazer? Com certeza que é mais sustentável, quanto mais não seja porque a energia gasta no transporte da fonte até nós é sempre muito menor. Além disso, provavelmente nestes pequenos negócios não vamos ser bombardeados com quantidades absurdas de plástico. 

2. Ter um saco sempre conosco

Se há alguma coisa que tenho sempre na minha mala, é um saco. Ou então levo uma mochila onde posso guardar alguma coisa que tenha comprado. Se todos fizéssemos isto, ninguém iria mais precisar de sacos plástico. Se por algum motivo me esquecer e tiver mesmo de comprar um saco, opto sempre pelos sacos reutilizáveis, que posso voltar a utilizar vezes sem conta. Além disso, coloquei alguns sacos no carro para que visitas inesperadas ao supermercado não impliquem a compra de um saco de plástico.

3. Evitar excessos

Numa sociedade cada vez mais consumista, somos bombardeados com campanhas e promoções, leve 2 pague 1. Mas quanto das nossas compras em excesso resulta em desperdício?

No meu dia-a-dia tento aproveitar e utilizar de forma imaginativa os ingredientes que sobram no frigorífico e aproveito todos os produtos cosméticos e de limpeza até à última gota.

Também pondero bem antes de compar alguma coisa e tento não comprar nada de que não precise – ou goste mesmo.

Estas são pequenas coisas que vão ter um impacto muito decisivo nas nossas poupanças e reduzir o lixo que produzimos.

4. Cultivar os nossos próprios vegetais e frutas

Para mim, há poucas coisas melhores do que ter o prazer de cozinhar com os vegetais que nós próprios plantámos. Para além de se poupar algum dinheiro, é biológico, não existe energia gasta em transportes e não vem em qualquer tipo de embalagem. Antes que alguém diga: “Mas eu não tenho quintal”, aproveito para me antecipar e dizer que (infelizmente) eu também não. Mas tenho um parapeito onde crescem saudáveis a minha salsa, manjericão, chives e um pequeno tomateiro.  E estou a trabalhar para aumentar o meu pequeno “quintal”.

5. Evitar produtos embalados em plástico

É bastante difícil ir ao supermercado e de lá sair sem nenhum produto embalado em plástico. No entanto, legumes e frutas são alimentos que normalmente estão disponíveis sem embalagem dependendo do supermercado, claro.

Sim, é verdade que nunca encontro todos os vegetais que queria comprar sem estarem embalados em plástico – triste, eu sei. Nestas situações, anoto o produto que queria comprar, e procuro-o no mercado local na próxima vez que lá for – provavelmente, lá estará e livre de qualquer embalagem. Outra opção será tentar ver se o produto que queremos está embalado num material reciclável ou reutilizável.

Até breve!

 

Joana

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *