Como reduzir o impacto ambiental dos tinteiros

A humanidade caminha lentamente para uma sociedade livre de papel, com o surgimento de computadores, tablets e telemóveis inteligentes que aos poucos substituem a necessidade de utilizar o precioso recurso obtido através do abate e tratamento de árvores – o papel.

Enquanto não alcançamos a meta do paper free, reduzir, reutilizar e reciclar torna-se indispensável. A escolha é nossa e no mercado vão surgindo várias opções, basta estar atentos aos selos e carimbos: papel reciclado, ou papel obtido de forma sustentável deve estar no topo das nossas preferências.

No entanto, um dos grandes inimigos do ambiente, que tradicionalmente habita nas nossas casas ou locais de trabalho, são os tinteiros das impressoras.

Estes cartuchos contêm na sua composição complexos polímeros não-biodegradáveis e substâncias químicas que ameaçam o bem-estar ambiental. Além disso, deve-se considerar que a produção dos tinteiros e outros materiais informáticos como os toners, implicam a utilização de matérias-primas como o petróleo – estima-se que por cada toner sejam necessários cerca de 5 litros deste combustível fóssil.

Este artigo apresenta duas das opções a considerar na hora de comprar um novo tinteiro, de modo a reduzir o seu impacto ambiental.

Reciclar

Estima-se que apenas 15% dos tinteiros e toners acabem por ser reciclados, o que significa que mais de 75.000 toneladas de cartuchos descartados preenchem os aterros de países desenvolvidos na Europa e Estados Unidos.

Portugal é um dos países que menos recicla (menos de 5%) comparando com Espanha e França (10%), Alemanha (20%) ou Suíça (30%).

Existem várias empresas que se deslocam ao local para recolher tinteiros usados para reciclagem – só tem de se fazer uma pesquisa online.

A reciclagem é um processo que agrada a clientes e produtores que assim também poupam dinheiro no fabrico de novos toners e tinteiros; pelo que as recolhas são, normalmente, gratuitas. Em contrapartida, estas podem exigir um número mínimo de tinteiros para realizarem a recolha.

Alguns municípios também já dispõem de centros de reciclagem, onde poderá depositar os seus tinteiros.

Reutilizar

Existem no mercado kits de recarga de tinta que permitem ao comprador encher os seus próprios tinteiros e reutilizar os seus cartuchos.  O processo em si pode ser moroso e exigir algum cuidado na hora de selecção do toner/tinta correcta.

Os cartuchos recarregados por não profissionais podem acarretar alguns problemas, nomeadamente a mistura das cores, fugas de preenchimento e linhas mal posicionadas. Como alternativa, podemos recorrer a empresas (como a Beira Recicla ou a Recitoner) que oferecem o mesmo serviço de reenchimento do tinteiro por um preço bem mais baixo do que custaria um tinteiro novo.

Sobre este processo, há quem diga que é preciso repetir este procedimento mais frequentemente, em comparação a comprar um tinteiro novo. No entanto, o custo de cada procedimento é substancialmente mais baixo e além disso, reutilizar é uma opção bastante mais amiga do ambiente já que um cartucho pode ser reutilizado várias vezes, sem que haja processos de reciclagem de materiais envolvidos e, consequentemente, sem tantos gastos energéticos e emissão de gases com efeito de estufa.

Mas qual a melhor opção ?

Comprar um tinteiro novo (e, em muitos casos, deitar o vazio no lixo comum) é algo que muitos de nós fazemos inconscientemente, sem considerar o impacto ambiental.

No entanto, hoje mais que nunca, é necessário repensar cada um dos nossos atos de modo a reduzir a nossa pegada ecológica.

Hoje em dia existem várias alternativas na hora de comprar este tipo de materiais – de um ponto de vista ambiental, a melhor opção será reutilizar os cartuchos no entanto, esta pode não ser a mais rentável, a longo prazo.  

Quer a nossa solução seja reciclar os nossos tinteiros e comprá-los reciclados, quer seja reutilizar os nossos tinteiros ou mesmo comprá-los novos, o objetivo deste artigo é fazer com que o impacto ambiental seja um dos fatores influenciadores na hora de decidir quais os tinteiros para a nossa casa ou empresa. 

Até breve!

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *